Repositório Institucional UNIFRAN Dissertações Mestrado em Promoção de Saúde
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/599
Tipo: Dissertação
Título: Impacto da hipomineralização molar-incisivo (HMI) e da cárie dentária na qualidade de vida de escolares de 8 a 12 anos no município de Patrocínio Paulista – SP
Título(s) alternativo(s): The impact of Molar Incisor Hypomineralization (MIH) and dental caries in the quality of life of schoolchildren from 8 to 12 years old in Patrocínio Paulista – SP
Autor(es): Oliveira, Vanessa Garcia Martins
Primeiro Orientador: Cury, Adriana Helena Vinholis
metadata.dc.contributor.referee1: Silva, Rosalina Carvalho da
metadata.dc.contributor.referee2: Brandão, Ionedie Maria Gomes
Resumo: Este estudo foi realizado com o objetivo de avaliar a prevalência e severidade de Hipomineralização Molar-Incisivo (HMI), a prevalência de cárie dentária e a relação entre estas duas alterações em crianças entre 8 e 12 anos de idade, do município de Patrocínio Paulista-SP, além de verificar com um questionário validado, o impacto das mesmas na qualidade de vida dessas crianças. Por meio de um exame clínico, 248 crianças foram avaliadas por uma única examinadora previamente calibrada, quanto à presença de HMI (de acordo com os critérios da EAPD) e de CD (de acordo com os critérios da OMS). Dois questionários de qualidade de vida relacionados à saúde bucal (CPQ8-10 e CPQ11-14) foram aplicados em toda a amostra. Os resultados foram apresentados em tabelas e gráficos de distribuição de frequências e testados através dos testes de Fischer, Qui-Quadrado, Mann Witney e Kruskal-Wallis. Para todas as análises, a significância foi considerada quando p<0,05. Dentre as 248 crianças avaliadas, 35 apresentaram HMI, obtendo-se uma prevalência de 14%. Em relação à severidade, 19 crianças apresentaram HMI leve, enquanto 16 apresentaram HMI severa. Avaliando-se a severidade individual de cada criança acometido pela HMI severa, pôde-se observar que 50% delas apresentaram dois quadrantes acometidos, e apenas uma apresentou HMI nos quatro quadrantes. A prevalência de cárie dentária foi de 67%, e o valor do índice CPOD para as crianças de 8 a 12 anos, da cidade de Patrocínio Paulista, foi de 1,04. Foi observada uma associação entre HMI e CD, uma vez que as crianças com HMI apresentaram valor significativamente mais alto de índice CPOD médio (1,66) do que as que não apresentaram a alteração no esmalte dentário (0,94) (p=0.013). Quanto ao impacto da saúde bucal na qualidade de vida, crianças com CD, seguidas pelas que tiveram HMI e CD, apresentaram maiores valores do que aquelas que não apresentaram nenhuma alteração e as que tiveram apenas HMI. A variável mais acometida do questionário foi sintomas orais e limitações funcionais em todos os grupos estudados. Das 248 crianças, somente oito não apresentaram impacto das alterações bucais estudadas na qualidade de vida. Acredita-se que mais ações de prevenção e promoção de saúde devam ser implantadas no município para que a prevalência destas alterações seja cada vez menor.
Abstract: This study was conducted in order to evaluate the prevalence and severity of Molar Incisor Hypomineralization (MIH), the prevalence of dental caries and the relationship between these two changes in children from 8 to 12 years old in the city of Patrocínio Paulista, São Paulo State, and also to check with a validated questionnaire their impact in the quality of life of these children. From a clinical exam, 248 children were evaluated by a previously calibrated examiner for the presence of MIH (according to the EDPS criteria) and DC (according to WHO criteria). Two quality of life questionnaires related to oral health (CPQ8-10 e CPQ11-14) were applied across all samples. The results were presented in tables and graphics of frequency distributions and tested by Fischer, Chi-squared Distribution, Mann Whitney and Kruskal-Wallis Tests. For all analysis, the significance was considered when p<0.05. Among the 248 evaluated children, 35 had MIH, obtaining a 14% prevalence. Regarding to the severity, 19 children had light MIH, while 16 had severe MIH. The DMFT Index for children from 8 to 12 years old of the city of Patrocínio Paulista was 1.04. When evaluating the severity of each individual child affected by severe MHI, it was observed that 50% had two affected quadrants, and only one had MHI in four quadrants. The prevalence of dental caries was 67%, and the value of DMFT for children from 8 to 12 years old, in the city of Patrocínio Paulista, was 1.04. An association between MIH and DC was observed, since children with MIH showed significantly higher value of medium DMFT (1.66) than those children who did not show the change in tooth enamel (0.94) (p = 0,013). Regarding to the oral health impact on quality of life, children with DC, followed by those who had MIH and DC, presented higher values than those who showed no change and those who had only MIH. The most affected variable of the questionnaire was oral symptoms and functional limitations in all studied groups. From the 248 children, only 8 had no impact of studied oral changes in the quality of life. It is believed that more prevention actions and health promotion must be implemented in the city so that the prevalence of these changes are dwindling.
Palavras-chave: Hipomineralização dentária
Cárie dentária
Prevalência
Qualidade de vida
Esmalte dentário
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade de Franca
Sigla da Instituição: UNIFRAN
Departamento: Pós-Graduação
Programa: Programa de Mestrado em Promoção de Saúde
Citação: OLIVEIRA, Vanessa Garcia Martins. Impacto da hipomineralização molar-incisivo (HMI) e da cárie dentária na qualidade de vida de escolares de 8 a 12 anos no município de Patrocínio Paulista-SP. Franca, 2012. 75 f. Dissertação (Mestrado em Promoção de Saúde) - Universidade de Franca. 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/599
Data do documento: 14-Mar-2012
Aparece nas coleções:Mestrado em Promoção de Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Vanessa Garcia Martins Oliveira.pdf4.47 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.