Repositório Institucional UNIPÊ Trabalho de Conclusão de Curso Medicina (Bacharelado)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/1451
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Avaliação da qualidade de vida em indivíduos com esclerose múltipla em um centro de referência da Paraíba
Autor(es): Soares , Mathaus de Lucena Lira
Primeiro Orientador: Oliveira , Bianca Etelvina Santos de
Resumo: A esclerose múltipla (EM) é a doença inflamatória crônica mais prevalente no sistema nervoso central (SNC), afetando mais de 2 milhões de pessoas em todo o mundo e é atualmente incurável. A esclerose múltipla pode causar repercussões importantes na vida dos pacientes, sobretudo no comprometimento da qualidade de vida (QV) dos portadores dessa doença. Dessa forma, para mensurar o impacto na qualidade de vida em portadores de EM foi utilizada a entrevista estruturada de versão abreviada do Questionário de Qualidade de Vida da Organização Mundial da Saúde (WHOQOL-BREF) para coletar dados. Além disso, como forma de mensurar as disfunções nos sistemas funcionais, foi aplicada a Escala Expandida do Estado de Incapacidade de Kurtzke (EDSS), que é uma medida clínica bem estabelecida há mais de 30 anos e é capaz de monitorar a evolução da doença. Diante disso, o presente trabalho teve como objetivo analisar a qualidade de vida nos pacientes com Esclerose Múltipla de um Centro de Referência de Esclerose Múltipla da Paraíba (CREM/PB) através da aplicação do WHOQOL-BREF e o EDSS entre fevereiro e março de 2020. Sendo, por isso, um estudo transversal, exploratório e descritivo. Os dados estatísticos foram analisados pelo IBM SPSS statistics versão 26.0. A correlação de Spearman mostrou que há uma correlação negativa e razoável entre o EDSS e o domínio físico da avaliação da qualidade de vida (ρ = -0,392; p < 0,05) e uma correlação negativa e razoável entre o EDSS e o domínio relações sociais da avaliação da qualidade de vida (ρ = -0,303; p < 0,05). Existe correlação positiva entre o domínio meio ambiente e o componente nível de escolaridade (ρ = 0,541; p < 0,05). Indivíduos com EM experimentam diminuição da percepção da QV nos domínios físico e relações sociais, com maior percepção entre os homens em detrimento das mulheres. Há uma correlação entre o nível de incapacidade e a qualidade de vida.
Abstract: Multiple sclerosis (MS) is the most prevalent chronic inflammatory disease in the central nervous system (CNS), affecting more than 2 million people worldwide and is currently incurable. Multiple sclerosis can cause important repercussions in the lives of patients, especially the impaired quality of life (QOL) of patients with this disease. Thus, for a greater measurement of the impact on quality of life in people with MS, the structured interview of the abbreviated version of the World Health Organization's Quality of Life Questionnaire (WHOQOL-BREF) was used to collect data. In addition, as a way of measuring dysfunctions in functional systems, the Kurtzke Expanded Disability Status Scale (EDSS) is a wellestablished clinical measure for over 30 years and is able to evaluate the evolution of the disease. Therefore, the present study seeked to analyze the quality of life in patients with Multiple Sclerosis at a Reference Center for Multiple Sclerosis in Paraíba (CREM / PB) through the application of WHOQOL-BREF and EDSS between February and March 2020. Therefore, it is a cross-sectional, exploratory and descriptive study. The statistical data were analyzed using IBM SPSS statistics version 26.0. The Spearman correlation showed that there is a negative and reasonable correlation between EDSS and the physical domain of assessing quality of life (ρ = -0.392, p <0.05) and a negative and reasonable correlation between EDSS and field relations aspects of assessing quality of life (ρ = -0.303; p <0.05). There is a positive correlation between the environment domain and the educational level component (ρ = 0.541; p <0.05). Individuals with MS experience decreased perception of QOL in the physical and social relations domains, with greater perception among men to the detriment of women. There is a correlation between the level of disability and quality of life.
Palavras-chave: Qualidade de vida
Esclerose múltipla
WHOQOL-BREF
EDSS
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Centro Universitário de João Pessoa
Sigla da Instituição: UNIPÊ
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/1451
Data do documento: 25-Mai-2020
Aparece nas coleções:Medicina (Bacharelado)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Mathaus de Lucena Lira Soares_TCC.pdf571.89 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.